Home » » Supernatural: O Blues do Inferno - Capítulo 10 - Temporada 01 - SEASON FINALE

Supernatural: O Blues do Inferno - Capítulo 10 - Temporada 01 - SEASON FINALE

http://sylviabond.com/wp-content/uploads/2008/03/carrying-little-brother.jpg
O Fim Chegou!
Foi uma grande jornada. Vocês tiveram várias surpresas ao longo do caminho... Dean e Sam passaram por brigas, romances e muito suspense e sofrimento. A Batalha que estava preparada desde o primeiro episódio, hoje finalmente irá se tornar realidade. Infelizmente, a estréia, que era ontem, passou pra hoje, mas mesmo assim não mudou nada, a não ser a ansiedade. Estão preparados? Então... Vamos lá!
___________________________________________________

New York - 09:00 A.M.
O Central Park está totalmente sendo prestigiado pela visita de muitos turistas. As belas árvores espalham o bom brilho no ar e um perfume que muitos entendem como de ''outro mundo''. As pessoas se assustam ao verem um grande número de pássaros voando sobre o parque. Elas são surpreendidas pelo grito de um Pastor que sai da igreja principal da cidade, com uma velocidade extrema.
Pastor Snape: O Fim do Mundo é Hoje! Vão para as suas casas, o arrebatamento chegou! Hoje é o dia do juízo final! Jesus me deu esta profecia em um sonho. Procurem abrigos, ou daqui à exatamente duas horas suas vidas estarão perdidas. Por favor me ouçam. Busquem a cura e o perdão na casa de Cristo.
As pessoas ficam quietas ao verem o Pastor falando aquilo.
Jessie McCurdy: AAAH, Vou ser levado por Deus. Socorro! Tem um Pobretão de terno falando que o juízo final está chegando!HAHAHAHA, APRENDE A MENTIR SEU TROUXA!
O Padre segura o seu crucifixo de pescoço com força.
Pastor Snape: Perdoe-o Senhor!
As pessoas soltam gargalhadas que não acabam mais. O Padre sente-se ofendido e corre novamente para a igreja.
Igreja Senhor é Meu Pastor - New York City - 9:18 A.M. (Malz aê pelo nome rs')
Snape caminha até o altar principal. Vendo a imagem estampada grandemente na parede, da face de Deus, ele se ajoelha com dois rosários sagrados e a bíblia.
Pastor Snape: Pai nosso que estais no céu, perdoe todos os infiéis neste fim dos tempos, proteja e perdoe-os assim como perdoou seus discípulos. Proteja-os com seu sangue, não os dê sofrimento. Arrebate-os por favor Jesus Cristo! Em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo, Amém.
Ele vira para trás e vê somente 15 seguidores da igreja sentados, rezando e pedindo perdão para o Senhor.
New York - 10:57 A.M.
As pessoas estão se divertindo no Central Park, dando espaço somente para as bebidas e os pecados. O Sino toca na igreja, avisando que os últimos minutos para se salvar estão no fim. As pessoas do parque ouvem, mas entre gargalhadas nem sabem o que está vindo. A Terra inteira começa a tremer. No distante das nuvens eles vêem um grande exército de fumaça negra indo em direção da cidade, liderados por uma grande fumaça preta contornada de Fogo. As pessoas ficam assustadas e entre a multidão, as fumaças se espalham e tornam tudo muito sombrio, ainda as 10:59 A.M.
Igreja Senhor é Meu Pastor - New York City - 11:00 A.M. 
 Pastor Snape: O Relógio marcou 11:00 meus senhores de fé. Espero que estejam preparados para receber o nosso grande Senhor lá no céu. Saibam que vocês já estão perdoados e que Deus já pode buscá-los. Obrigado meu Deus Por tudo! Espero então, que estejam prontos...
As lágrimas dos fiéis são inevitáveis.
Pastor Snape: Estejam prontos... Porque eu não estou!
O Padre tira uma faca do Bolso e corta profundamente sua garganta.
Os fiéis gritam profundamente, e ao pouco todos vão sumindo em forma de uma linda núvem brilhante, com certeza oferecida por Deus. A imagem da parede da igreja com a face de Jesus Cristo mostra uma pequena lágrima escorrendo... Que pinga exatamente no ferimento da faca do Padre... Que Some em forma de uma cruz.

http://i267.photobucket.com/albums/ii294/423294anita/aniSN-2.gif 
Episódio 10 - Na Face do Capeta - Season Finale

New York City 11:16 A.M.
A multidão é pisoteada e morta aos poucos pelos demônios que tomam a forma humana ao alcançarem o Solo. O Exército corre em direção de Jessie McCurdy que tem os olhos arrancados e logo em seguida o cérebro. A multidão não para de vir, causando ainda mais alvoroço entre a multidão que é morta aos poucos. De repente, uma freiada de carro é ouvida, e a visão de demônios sendo atropelados é inexplicável. Mas a razão lógica vem logo em seguida, quando o Impalla estaciona com sucesso na frente do Lago. Sam,Dean,Laura e Castiel saem de dentro do carro com armas espetaculares. Logo na primeira saída, os demônios já querem revanche e vêem em direção dos quatro únicos ''Bens''. 
Laura corre em direção à um dos demônios e arranca a cabeça dele com um soco que serve para arrancar o corpo inteiro do outro. Laura então, é surpreendida por outro demônio que tenta quebrar a cabeça da garota fora. 
Laura: Socorro! Sam,Dean,Cass!
Sam vira pra trás e com um único tiro, mata quatro demônios de uma vez só, e acerta espetacularmente um tiro no olho do demônio que persegue Laura.
Laura: UAU Sam que reflexo, Parabéns!
Sam olha e corresponde com um sorriso e uma virada da cabeça.
Dean: Toma isso Filho da Mãe!
Dean dá tiros no rosto de um dos demônios. Castiel pega um dos únicos poderes que não foram retirados, e com eles, ele arranca os demônios do solo, e os transformam em caveiras que derretem no solo.
Sam: Eu tenho uma idéia Dean!
Dean: Qual?
Sam: Pega um crucifixo! Rápido!
Dean arranca um do pescoço e taca para Sam, que é surpreendido por um demônio, que é morto logo em seguida por um tiro de Castiel. 
Dean: Pra que é isso?
Dean atira no rosto de outro demônio.
Sam: Vai pro Impalla, e ao meu sinal derrube todos os demônios no lago.
Dean: O que?
Sam: Faz isso! Castiel, vai ajudar a Laura.
Castiel: Tudo Bem Sam!
Sam pega o crucifixo e corre até o lago.
Sam: Pai nosso que estáis no céu, santificado seja o vosso nome, que abençoe esta água e nos livre de todo o mal que possa existir neste mundo!
Sam taca o crucifixo na água e acena para Dean que está dentro do Impalla trocando tiros com todos os demônios que o segue.
Os demônios que estão atrás de Sam, são surpreendidos pelo Impalla, que os tacam no lago, e os fazem derreter. A maior parte dos demônios, vêem a armadilha e decidem se afastar do local.
Sam: Sujou!
Dean: Sammy, onde tá o Vinny?
Laura grita após socar até a morte um demônio.
Laura: Hey! Sam, Dean, olhem a estátua!
Ao virarem, eles vêem a estátua rachando aos poucos e explodindo, em forma de sangue, e trazendo Vinny, que entra diretamente no Prédio Central, maior edificio de Nova York.
Dean: Son Of The Bitch!
Sam: Eu vou atrás dele, fiquem aqui.
Castiel: Você acha o que Sam? Que consegue enfrentá-lo sozinho? Não seja Besta!
Sam: Então, Dean vem comigo!
Dean: Ok. Laura,Castiel, conseguem tomar conta?
Laura: Claro! 
Laura virá pra trás e com um chute arranca a cabeça de outro demônio.
Castiel: Garota você arrasa!
Laura: Eu sei! Dean se cuida.
Dean corre e abraça Laura que desliza seus lábios na boca de Dean, e os dois trocam um grande beijo.
Laura: Agora vai meu Gato!
Dean sorrí pra ela e corre para o Impalla que é acertado nas rodas, mas mesmo assim ainda consegue andar. Sam e Dean seguem diretamente para o Prédio central, atropelando todos os demônios que estão na rua.
Castiel e Laura correm em direção aos outros demônios. Castiel dá um grande soco na cara de um dos demônios, que voa logo em direção de Laura que com um simples tapa quebra ele como se fosse vidro.
Castiel: Laura, será que iríamos conseguir barrar a fronteira, para os demônios morrerem ao tentarem ultrapassar?
Laura: Cass, você é um gênio. Mas precisamos de um mapa.
Castiel: Tem um escritório alí.Melhor do que nada.
Laura: Aquilo tá abandonado Cass.
Castiel: Mas devem guardar mapas da cidade nas gavetas das escrivaninhas.
Laura: Isso mesmo, vamos subir nele.
Castiel: É melhor de outro jeito.
Castiel Pula e pega a mão de Laura e os dois apartam.
Prédio Central - New York 11:47
Sam: Dean, chegamos, ele está no último andar. Vamos ter que ir pelas escadas.
Dean: Ok! Vamos!
Os dois correm para a escada, mas ao chegarem lá, vêem que ela está rachando. Os dois viram para entrarem no elevador, mas são surpreendidos por um antigo conhecido.
Alastair: Saudades de mim?
Dean: Desgraçado, você nunca morre?
Alastair: Dean...
Ele pega Dean e o taca na parede. Sam vem correndo e com um grande pulo corta a cabeça do demônio fora e vai cortando todos os membros rapidamente.
Dean: Oh Meu Deus! Você é mesmo meu irmão.
Sam: Ai ai...
Os dois correm para o elevador com as armas.
O Segundo andar é alcançado logo em seguida. Dean começa a carregar as armas. Sam ajuda-o logo em seguida.
Escritório Critical  - New York 11:56
 Castiel e Laura procuram os mapas desesperadamente nas gavetas do escritório.
Castiel: Encontrou alguma coisa?
Laura: Ainda nada! E você?
Castiel: Nada!
Os dois começam a mexer na estante de livros.
Laura: Cass, achei! Me dá um fósforo!
Castiel: Eu não tenho.
Laura: Droga!
Castiel: Não precisa somente de fósforos para fazer fogo.
Castiel estala os dedos e começa a pegar o fogo com as próprias mãos. 
Laura: Cass... Você é incrível. Vamos até a mesa para começar o ritual.
Os dois colocam o mapa aberto na mesa. Laura, com as unhas bem feitas, começa a passar o dedo sobre o cartaz.
Laura: Openning! Christus! Protego Totalun!Diffindo!Reppelun Trouxatun! New York! Protego! 
Castiel olha ela atentamente.
Laura: Segure minha mão Cass.
Castiel põe sua mão sobre a de Laura, e o fogo se espalha rapidamente sobre a fronteira, queimando as outras cidades menos New York.
Castiel: Isso funcionou?
Laura: Olha e diz.
Castiel olha pela janela e ve o fogo cobrindo o céu.
Castiel: UAU!
Uma ''Matilha'' de demônios que vem em direção à Nova York, ao encostarem na divisa, derretem e explodem em forma de caveira.
Derepente, um Blackout atinge a cidade. Tudo fica escuro, e é iluminado somente pelo fogo causado pelos estragos feitos pelos demônios.
Prédio Central - New York 12:24
Sam: Dean? Ouviu? Parece que tudo se...
O Prédio é atingido por alguma força com brutalidade, o elevador se parte ao meio e Sam e Dean são atirados em queda-livre.
Sam: O que é isso?
Uma bola de fogo passa rapidamente pelos dois, que são arremessados para o último andar do prédio. Os dois caem no chão.
 Escritório Critical  - New York 12:32
Laura: É Meu Pai Cass.
Castiel: Vamos apartar para o prédio e tentar ajudar Dean e Sam!
Laura: Vamos!
VUUUUUUUUUUUSH -q
Prédio Central - New York 12:34
 Dean: Cof! Cof!
Sam: Dean? Está Bem!
Dean: Onde estamos?
Sam: Chegamos no último andar Dean! Aqui é o fim de tudo!
Vinny: É bom que você saiba, Sam Winchester!
Vinny puxa Sam com os próprios braços e os dois trocam socos. 
Dean: Sammy!
Dean vai ajudar Sam quando é surpreendido por um fogo, que toma forma humana e se tranforma em Lúcifer.
Dean: Filho-Da-Mãe!
Dean acerta um soco na cara de Lúcifer. Lúcifer pega Dean e o taca na parede.
Sam é tacado por Vinny no chão, e rapidamente pega a arma e atira na testa de Vinny, que sofre apenas um arranhão. 
Sam: Que diabos?
Vinny: A única arma que poderia me matar era o verdadeiro Colt.
Sam: Bitchhh!
Sam pula no pescoço de Vinny e o derruba, Sam dá um chute em Vinny.
Sam: Desgraçado!
Laura: Saaaaam!
Laura arromba a porta do último andar e corre até Sam e Dean, junto à Castiel. 
Lúcifer: Filha, que bom ter sua visita aqui!
Laura: Eu tenho vergonha de ter você como pai!
Lúcifer: Cachorra!
Lúcifer pula em menos de um segundo em Laura e dá um tapa no seu rosto.
Castiel: Desgraçado, Filho da Mãe! Você vai morrer, morto pela própria serpente do inferno.
Lúcifer: Tem certeza? Olha ela aí.
Castiel e Laura olham pra trás e uma serpente em forma de fogo desliza atrás dos dois. Os dois fogem pela escada, que começa a ceder a cada passo que eles dão.
Lúcifer vira pra trás e vê que Dean está com a arma. 
Dean: Hey!
Dean atira contra Lúcifer que pega a bala com os dentes.
Dean: Não esperava por esta!
Lúcifer: Mas vai aguentar mais!
Lúcifer atira Dean contra uma mesa de vidro que quebra,e o fere.
Vinny: Sam e Dean Winchester, vocês vão morrer!
Vinny pega uma estaca de ferro e lança em direção a cabeça de Dean. Porém, ela derrete no ar. Duas bolas parecidas com algodão jogam  Vinny no chão, enquanto Lúcifer evapora e se prende no ar. As luzes tomam forma humana e transformam-se em John e Mary que derrubam o Colt verdadeiro no chão.
Sam: Mãe, Pai!
Dean olha e chora.
Os dois evaporam no ar e viram uma cruz.
Vinny se levanta e vai em direção à Dean. Sam corre em direção à Vinny mas Lúcifer quebra sua perna. Sam cai no chão, e começa a gritar.
Dean: Sammy. Vinny, seu filho da mãe.
Lúcifer: Vinny, vamos terminar com Dean Winchester... Juntos.
Sam vê o Colt no chão, à uns 3 metros de distância, ele vai se arrastando até lá.
Vinny: Eu começo a torturar ele antes de morrer.
Lucifer: Vai lá.
Vinny corta um pedaço da barriga de Dean, e chupa o sangue que está em seu dedo.
Lúcifer: Agora ele já pode morrer.
Lúcifer levanta a barra de ferro e quando vai tacar na cabeça de Dean, é empurrado por Laura e jogado no chão.
Laura: Seu desgraçado!
Laura começa a bater no próprio pai.
Laura: Você é uma vergonha pro mundo seu desgraçado!
Vinny: Então Dean, vai ser somente nós dois.
Vinny levanta a barra de ferro usada por Lúcifer. 
Vinny: Quais são suas últimas palavras?
Dean olha e rí.
Dean: Hasta La Vista Baby!
Vinny olha pra trás.
Sam: Até mais.
Sam puxa o gatilho do Colt e a única bala, em câmera lenta vai em direção à cabeça do demônio e penetra na cabeça. Pequenos fios de raio começam a aparecer, e Vinny aos poucos se torna uma caveira, e explode no ar.
Lúcifer olha com medo para Sam.
Laura: Eu te odeio.
Lúcifer evapora no ar, e sai pela janela. A serpente que perseguia Castiel no centro da cidade, desaparece, e os restos dos fogos derretem os outros demônios que sobraram, e reparam tudo novamente ao seu devído lugar.
A Lágrima da imagem de Jesus encolhe e evapora.
Os arrebatados voltam para a Terra e continuam suas vidas normalmente.
O Céu abre espaço para uma grande núvem...
Uma Semana Depois
Sam pega quatro cafés e leva até uma mesa em um bar em Nova York. Dean,Castiel e Laura estão o esperando. Os quatro sentam. Sam está com a perna enfaixada.
Sam: Eu... Não acredito que aconteceu tudo aquilo...
Dean: Eu também não. A maior dor de cabeça passou...
Castiel: Foi pior que tudo que já passei.
Laura: Eu também acho. Mas me digam... Acham mesmo que tudo acabou? Eu sentí naquele dia, uma sensação meio estranha. Sentí... Como se tivesse uma mulher pedindo socorro... Mas eu nunca encontrava. 
Sam: Sabe... As vezes eu acho que essas coisas nos fazem lembrar das piores lembranças.
Castiel: Tudo isso as vezes podem ser premonições...
Sam: Mas eu tenho certeza. Absoluta! 
Dean: Do que?
Sam bebe o café, e limpa a boca.
Sam: Essa batalha ainda pode não ter terminado.
Dean: Tem certeza?
Os quatro olham através da vidraça do bar a cidade inteira, e o céu totalmente normal. A pracinha para as crianças, tem uma mulher sentada em um dos balanços. Ela está usando uma jaqueta vermelha, e com o cabelo loiro e curto. Ela vira pro lado suavemente e com uma faca, corta um pedaço de seu dedo e desenha um sinal estranho... Parecido com algo para atrair... DEMÔNIOS DO INFERNO.
 ____________________________________________________________

 EM BREVE...
DEAN,SAM,LAURA E CASTIEL VOLTARÃO PARA A SEASON 02 DE SUPERNATURAL: O BLUES DO INFERNO! AGUARDEM... SÓ AQUI...
NO 
SUPERNATURAL FAMILY!













 

Share this article :

2 comentários:

  1. simplismente ótimo.Adoro essa dinamica dean e laura.esse amor e ódio,seria Meg no fim?

    ResponderExcluir
  2. Tudo de Bom Sobrenatural Amo Kii Amo

    ResponderExcluir

 
Support : Your Link | Your Link | Your Link
Copyright © 2013. Supernatural Family | Here's Your Family. - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger