Home » » Kill All The Secrets - Capítulo 1.21 - "The Past And Present, Walking Together"

Kill All The Secrets - Capítulo 1.21 - "The Past And Present, Walking Together"



Nome: Kill All The Secrets (Mate Todos Os Segredos).

Número de Temporadas: 3.

Capítulo: 1.21 -  "The Past And Present, Walking Together" ( Passado e Presente, Caminham Juntos).

Classificação : 18+ - Contem cenas de violência,mortes,sexo,insinuações...

Gênero : Drama,Comédia,Mistério...

Autora: Laura.

Personagens: Ashley (Principal) Brittany (Principal) Nickole (Principal) Lavínia (Vilã) Molly (Coadjuvante) Henri (Principal) Jensen (Principal ) Jared (Principal) Ben (Secundário) Chad (Coadjuvante) Lilly (Secundário) Cecy (Secundário) Rene (Secundário) Annie (Secundário) ....

Sinopse: O que acontece quando uma manipuladora resolve fazer da vida de 3 garotas um Inferno? Ashley (Ash), Brittany (Bri) e Nickole (Nick),poderiam ser o tipo de adolescentes normais,se não fosse por Lavínia (Lav),que faz de tudo para arruinar a vida dessas 3 garotas.O motivo de tanto ódio? Ninguém sabe.Mas Ash,Bri e Nick são tão inocentes assim? Ash talvez tenha tomado uma difícil decisão e acabou se apaixonando pelo seu professor.Estaria Nick Prestes a conhecer o amor da sua vida? E Bri? O que o futuro a reserva? É melhor você ler para matar todos os segredos que " Kill All The Secrets" te reserva...Poderia o amor aparecer no meio de tanta maldade? Poderia esse ambiente ser saudável para Jensen e Jared viverem uma vida tranquila?

Considerações: Quando tiver o player nas cenas serão as músicas das cenas,acho que não tem necessidade de ficar colocando toda hora "música da cena",mas como este é o primeiro capítulo tudo Ok.Ainda Sobre as músicas,quando uma cena não tiver música,aproveite a música da cena passada (Até a cena que tiver um novo player),por que eu escolho as músicas pensando nisso.
Onde estiver Look (Exemplo,Look Ashley,Look Das garotas),vocês podem clicar para visualizarem a roupa dos personagens e os Personagens. Quando estiver Casa da Ashley,carro,escola,podem clicar para visualizarem o local onde a cena ocorreu !!!!

.............................................................................................................




Duas Semanas Depois !!!



- Ash, você ai mesmo trocar nosso fim de semana para ficar com o Jensen? Bri se olhava no espelho do quarto de Ash, fingindo Indignação.
- Ué, sábados são especiais e reservados para ele. Ia até o Closet pegar os sapatos.
- Ow, isso é tão Henri. Nick debochava.
- Shut Up. Dizia sorrindo.
- Ai Nick, pra que ressuscitar o passado? Henri já foi, acabou e graças a Deus Ash está em outra. Bri dava uma jogava na franja de seu cabelo em frente ao espelho. - Até por que, nisso que dá namorar professores... Gargalhava. - Falando em namoro, e o Jared Nick? Até quando você vai continuar ignorando os telefonemas dele?
- Ai Nick, você ainda está nisso? Ash calçava os sapatos.
- Essa coisa dele com a Molly, as vezes eu penso em ouvi-lo, mas ai sempre vem em minha mente, será que isso acabou mesmo? Será que ela vai deixá-lo em paz?
- Isso você só vai descobrir se tentar, além do mais, ele ficou com a Molly, e vocês não tinham nada, ele é um homem livre.
- É, eu sei Ash... Olhava pela janela. - Mas mudando de assunto, seus Pais chegam hoje mesmo?
- Se o Patrick conseguir mais duas semanas de folga, Não. Gargalhava. - Brincadeira, sim, eles chegam hoje, já devem estar chegando.
- Ai que inveja deles, aproveitaram a viagem para a Capital e foram para Paris.
- Eles merecem, é como se fosse a Lua de Mel que não tiveram. Além do mais, Patrick teve sorte por conseguir essas duas semanas, com todas essas mortes, investigações... Continuava sentada na cama.
- Mortes da Família Vanderbill, argh. Nick fazia cara de nojo.
- Falando em Vanderbill, até agora estou chocada com o casamento dela. Bri gargalhava.
- Vai se casar com um velho que tem a idade para ser o avó dela. Ash dizia séria.
- Parece que ela já entregou todos os convites... Bri se sentava na poltrona.
- Ahh, ela feriu meus sentimentos não me convidando. Ash gargalhava.
- Também não tenho a mínima vontade de ir. Nick dizia naturalmente.
- Nem o Jensen ela convidou?
- Não Bri, Ele também não faz questão de ir.
- Seus Pais chegaram Ash. Nick ainda olhava na janela.
- Nice. Saia do quarto correndo.
- Vamos? Olhava para Bri.
- Espera, antes de descermos,sei que nós já conversamos sobre isso mas,saía da sua zona de conforto, dê uma chance ao Jared. Depois pode ser tarde de mais, e ai não vai adiantar você se arrepender. Bri saía do quarto.
- Será ? Saía pensativa do quarto.

- Mommy, Patrick. Ash corria para abraça-los.
- Querida, como passou essas semanas sem agente?
- Muito bem, As meninas, a Elle, foram uma ótima companhia.
- Não teve nenhum problema? Patrick a abraçava.
- Tudo normal. - E Paris? Como estava?
- Elegante, Linda, Brilhante e Apaixonante como sempre. Lilly Se sentava no sofá.
- Bom dia Senhora Lilly, Senhor Patrick. Bri e Nick os comprimentavam ao descer as escadas.
- Bom dia meninas. Diziam juntos.
- Então, alguma novidade enquanto ficamos fora?
- Além do casamento da Lavínia? Ash dizia pensativa. - Não.
- Casamento mais apressado. Lilly dizia.
- Devem se gostar.
- Quem sabe Patrick. Ash recebia um SMS. - Quem sabe. Dizia lendo a mensagem. - Vamos meninas?
- Vamos Ash. Saíam caminhando.
- Vocês não vão ficar para tomar café da manhã conosco?
- Sorry Mommy, mas nós já tomamos. Saiam dali.
- Ai Ash, vou confessar. Caminhavam pelo Jardim. - Sua mãe é muito sortuda, primeiro seu pai, que era Lindo, e agora o Patrick ai ai... Bri se abanava.
- Eu ainda lembro que você tinha uma quedinha pelo meu Pai. Gargalhava.
- Eu achava tão engraçado. Nick sorria. - Bri você nunca teve a vontade de procurar o seu Pai?
- Não, ele nunca me fez falta sabe, sou tão feliz com a Minha mãe, sou grata por tudo, não tenho a mínima vontade de saber quem é. Dizia sinceramente. - Ih, olha quem veio com o Jensen. Bri avistava Jared saindo do carro.
- Ash !!!! Nick a fuzilava com o olhar. - Por que você mandou ele vir?
- Vocês precisam conversar, você não pode ficar fugindo. Parava de frente para ela.
- E eu? vou sair daqui como? Não vim de carro. Bri fazia bico.
- Pegue o meu. Ash entregava a Chave. - E nada de fazer sexo no banco de trás, é nojento. Caminhava até o carro de Jensen.
- Bye Nick. Bri saía rapidamente.
- Awesome. Bufava.

- Bom dia. Ash entrava no carro sorrindo.
- Bom dia. Ficava olhando para ela.
- O que foi? Olhava para ele Ainda sorrindo.
- A sua presença ilumina meu Dia. Se aproximava dela iniciando um beijo.
- Thanks, você também, faz meus dias ficarem mais alegre. Dizia o fazendo sorrir.
- Você acha que é uma boa idéia os dois conversarem? Jensen Via Jared chegar até Nick.
- Eles precisam. Acho melhor irmos, e deixá-los sozinhos.
- Ok. Saíam dali.

Look Ash - Look Jensen

- Hi. Jared se aproximava de Nick .
- Hi... Sorria timidamente. - Vou ser direta, o que você quer tanto me dizer?
- Primeiro eu quero que você me escute antes de dizer qualquer coisa ou me julgar.
- Ok, Vem. Saíam caminhando dali.
- Você está magoada?
- Um pouco Jared.
- Mas o que você pensa disso tudo?
- Essa coisa toda com a Molly, Sexo por chantagem, acho tão baixo.
- Eu sei, e não me orgulho disso, eu nunca quis, mas era aceitar ou ir para a cadeia, por algo que eu fiz e não me arrependo.
- Tudo bem Jared, como disse várias vezes, a vida é sua, e eu não sou ninguém nela...
- Mais eu quero que você faça parte dela.
- Eu não posso fazer parte dela sabendo que alguém tem algo contra você que eu não sei... O olhava nos olhos.
- E se eu te contar e mesmo assim você não me querer por perto?
- Você não deve ter feito algo de tão ruim para eu querer me afastar. Sorria. - Mas enfim, se você não quiser me contar, eu entendo. Podemos ser amigos. Sorria.
- Eu vou ser sincero com você, e depois você decide se vai querer apenas minha amizade...
- Ok. Nick o Puxava para se sentarem em um banco de uma pequena praça que havia ali. - Eu prometo que não irei te julgar. Pegava nas mãos dele.
- Thanks.

Look Jared - Look Nick  - Praça

.......



- Lav minha querida, preciso de Vinte Mil Dolores. Harry se levantava da mesa de café da manhã.
- Vai comprar um anel de diamantes para o casamento querido? Se levantava gargalhando.
- O seu anel? Eu já comprei, uma bijuteria bem barata, desses muambeiros que vendem na porta de casa. Esses 20 mil são para coisas pessoais que não lhe interessa.
- Velho maldito. Berrava. - Você não vai ficar gastando o meu dinheiro atoa. Caminhava a até a sala.
- Eu gastarei do jeito que eu quiser,ou você esqueceu que eu possuo um filme que...
- Tudo bem, precisa do cheque agora?
- Não, vou ir provar o terno, na hora que eu voltar eu pego. Saía de casa.
- Velho De Asilo. Que ódio. Se jogava no sofá.
- Lav, até quando você vai ficar brigada comigo? Molly descia as escadas.
- Que tal para sempre? Gargalhava.
- Lav, eu sou sua Melhor Amiga, eu sempre estive do seu lado, e agora você vai se casar, e nem me convidou. Se sentava na mesinha de frente para ela.
- Uma amiga como você, quem precisa de Inimigos não é Mollynha?
- Por favor Lav, me perdoa, me diga o que eu posso fazer para você me perdoar?
- Vender sua alma para o Diabo é uma solução. Dizia cinicamente.
- Credo Lav, eu só quero o seu perdão. Se jogava aos pés dela, começando um falso choro.
- Sai daqui sua cachorrinha pulguenta. Se levantava sacudindo a perna.
- Me perdoa Lav, eu só quero ser sua amiga de novo.
- Tá bom anta, agora me soltaaaa. Gritava.
- Você me perdoa? Se levantava.
- Vamos esquecer isso. A olhava nos olhos. - Mas se você falhar comigo mais uma vez, eu juro que você irá se arrepender . A amedrontava com o olhar. - Você não sabe do que eu sou capaz. Gargalhava subindo as escadas...

Look Molly
....

- Você mora aqui? Ash ficava espantada.
- Sim, por que a surpresa? Jensen dizia abrindo a porta. - Aquela vez que eu troquei o pneu do seu carro, você me deixou aqui, lembra?
- Confesso que nem prestei atenção no edifício... Ash desconversava.
- E por que essa reação agora? A olhava.
- Nada não...
- Ashhh!!! Jensen fazia ela rir.
- Ok, Sabe esse apartamento da frente?
- Sim.
- Então,o Henri morava nele.
- Uau,sorte a minha. Dizia Irônico.

Flash Back On

- Henri. Ash batia na porta.
- Hey, Bom dia. Henri abria a porta iniciando um beijo.
- Bom dia para você também. Interrompia o beijo sorrindo.
- Sabe,eu conto os dias para chegar o sábado, poder passar o dia todo com você. A puxava para dentro.
- Eu também faço isso. Gargalhava. - Ás vezes eu acho que tudo isso é um sonho, tenho medo,disso tudo acabar...
- Não,não fale isso. Henri acariciava a face dela. - Eu nunca deixaria você, a não ser que você me pedisse.
- Eu não faria isso. Se aproximava iniciando um beijo.

Flash Back Off

- Hey Ash. Jensen acenava para ela, que estava estática olhando para a porta do antigo apartamento de Henri.
- Hey. Dizia sem graça.
- O que aconteceu? A abraçava.
- Nada, apenas algumas lembranças.
- Eu acho que vão alugar. A beijava na testa.
- Ah é? Interrompia o abraço o olhando nos olhos. - Por que você acha isso?
- Estavam limpando ontem. Entravam no apartamento.
- Será algum novo habitante em East St. Louise? ou alguma mudança dentro da cidade mesmo?
- Deve ser alguém da cidade mesmo. Jensen colocava os Dvd's que havia pegado na em cima da mesinha...
- Humm. dizia pensativa.

.....



- Eu, uma mulher Sexy, Linda, Perfeita, Gostosa, Poderosa. Bri estacionava o carro em frente à uma sorveteria. - Ficando sozinha aos fins de semana, preciso dar um jeito nisso. Descia do carro. - Meus dias de semana estão bem mais agitados com os alunos do que os Fins de Semana. Se sentava em uma mesa ao lado de fora.
- Hey Bri. Chad se aproximava acenando para ela.
- Hey,como você está?
- Estou bem. A beijava no rosto.
- Qual o pedido de vocês? O garçom chegava.
- Humm. Bri dizia pensativa. - Quero um Sundae de Chocolate, com cobertura extra, bastante amêndoas e algumas frutas por cima.
- Ok, e você rapaz?
- O mesmo do dela. Sorria.
- Já volto. Saía dali.
- Então, onde está suas amigas? Digo, por que onde está uma, está a outra.
- Nick está resolvendo problemas pessoais, e os Pais da Ash que estava viajando chegaram hoje. Sorria.
- E você sobrou.
- Yeap. Gargalhava. - E você? foi convidado para o casamento da Lav?
- Fui, ela entregou o convite alguns dias atrás. - Você foi?
- Não, mas mesmo que chamasse acho que não iria.
- Nem a Ash ela convidou?
- Nenhuma de nós três. Sorria
- Já que estamos falando dela, você ficou sabendo que a Lav está brigada com a Molly?
- Ouvi algumas pessoas comentando na Biblioteca, mas brigaram por que?
- Nem eu sei.
- Ah, sabe que foi até bom,a Molly é muito influenciada pela Jararaca, quem sabe agora ela não toma um rumo.
- Eu concordo.
- Além do mais, a Lav é perigosa, uma hora ou outra iria sobrar para a Molly.
- Perigosa vocês pelo atropelamento da Ash?
- Por isso, e por outras coisas que não vem ao caso.
- O pedido de vocês. Voltava com os Sundaes.

Look Bri - Look Chad - Sorveteria 

.....



- Não sei por onde eu começo a te contar... Dizia nervoso.
- Jared, se você vai se arrepender em contar, ou se você não se sente a vontade, deixe para outra hora. Dizia calmamente.
- Não, eu preciso desabafar com outra pessoa além do Jensen, eu preciso conversar com alguém que saiba sobre essa coisa toda com a Molly.
- Ok, então respira, fique calmo... Segurava nas mãos dele.
- Eu vim de uma família bem tradicionalista, de pessoas boas, minha Mãe, tem o coração maior que o Mundo. Sorria. - Meu Pai, sempre foi um exemplo de homem, presente,amigo... Seus olhos brilhavam. - E eu tenho, na verdade, Tinha mais Três irmãos. Jeffrey, Megan e Charlie que .... Deixava algumas lágrimas cair. - Morreu.
- Jared, não precisa contar, eu já entendi, é algo bem pessoal.
- Agora que eu comecei, Irei terminar. Sorria fraco. - Charlie estava cursando o Primeiro Ano do Ensino Médio, e conheceu um cara, se apaixonou por ele, mas o tempo foi passando, e eu fui percebendo o jeito ansioso, amedrontada, ela não era mais a mesma, até que certo dia eu a peguei chorando no quarto...

Flash Back On

- Charlie, por que o motivo do choro? Jared abria a porta do quarto dela.
- Não é nada. Limpava as lágrimas rapidamente.
- Char, eu te conheço, sei que tem algo acontecendo...
- Não tem nada acontecendo Jared.
- Não minta para mim, você sabe que pode sempre contar comigo. Se sentava na cama ao lado dela.
- Ai Jay. Voltava a chorar repousando a cabeça no colo dele. - Eu me sinto um Lixo. Voltava a chorar.
- Por que? Você é uma Linda garota, inteligente, esperta...
- Eu não consigo dizer. Continuava chorando.
- Você não deve guardar isso com você, me deixa te ajudar. Fazia cafuné nela.
- Eu...Começava um choro mais intenso. - Fui....
- Foi o que? Os olhos de Jared se enxiam de lágrimas ao imaginar a resposta.
- Es... Es... Tuprada... Chorava alto.
- Ohhh My God, quem foi o animal que fez isso ? Deixava algumas lágrimas cair.
- Mike, ele queria fazer sexo, e eu não quis, aai ele... Começava soluçar com seu choro.
- Eu vou acabar com a raça desse desgraçado. Se levantava.
- E eu estou grávida dele. Eu não quero essa criança Jay... Suspirava. - Eu não quero olhar para ela e ver o rosto de quem fez isso, eu mal consigo olhar para mim...
- Charlie, por que você não procurou ajuda antes?
- Eu só queria esquecer, seguir em frente...
- Eu posso te ajudar, vem. A pegava no colo.
- Como?
- Eu trabalho no hospital, eu vou levar você lá e pedir para algum amigo meu fazer o aborto.
- Mas é ilegal... Limpava as lágrimas.
- Não importa, eu não vou ver minha irmãzinha mais nova sofrer.

Flash Back Off

- Jared. Nick o abraçava. - Isso não passava pela minha cabeça. Limpava as lágrimas dele.
- Depois do aborto ela foi para casa, conversou com o a Mamãe... e... Intensificava o choro. - E no outro dia ela foi encontrada morta por tomar antidepressivos de mais.
- Ela se suicidou? Se espantava.
- Uhun. Balançava a cabeça. - E deixou uma carta pedindo desculpas.
- Eu sinto Muito, sinto muito pela sua perda, por tudo. Nick se emocionava com a historia, deixando lágrimas escorrer por seu rosto.
- Thanks.
- E a Molly tem te chantageado com isso? Como ela descobriu ?
- Sim...Olhava para baixo. - É o que eu me pergunto, e a única resposta para isso se resume em: " Lav" , a Molly não me conhecia...
- Mas como a Lav iria descobrir isso?
- Deve ser instigante para uma pessoa querer saber o por que de você trocar uma carreira pela outra, ela pode ter ligado para o Hospital, e descoberto..
- Essa Vadia, só serve para infernizar a vida das pessoas, Isso que você fez, não é crime. O olhava nos olhos.
- É sim,por que eu fiz ilegalmente, precisaria de ir na delegacia, fazer denúncia, depois autópsia ... E eu não queria que as pessoas falassem da Charlie.
- Eu no seu lugar teria feito a mesma coisa. Nick o confortava.
- E por conta desse aborto, fui expulso do hospital onde trabalhava no Texas. Eu assumi a culpa para não prejudicar meu amigo.
- Eu... Nick colocava suas mãos no rosto dele. - Me Desculpa... Se aproximava iniciando um beijo.

......



- Vai sair Lav? Molly a via descer as escadas.
- Vou ir provar o meu vestido.
- Falando em vestido. Colocava a revista que lia ao seu lado no sofá. - Você anda se vestindo diferente ultimamente. Reparava que Lav não estava tão Bitch como de costume.
- Eu vou me casar bobinha, tenho que mostrar respeito com meu maridinho, não posso mais andar daquele jeito esplendido, além do mais, preciso descansar minha imagem para o Grande Dia. Balançava os cabelos em frente ao espelho.

Look Lav

- Você está mesmo animada para se casar? Ficava surpresa.
- Eu gosto do Harry, ele me faz bem... Gargalhava. - E organizar esses detalhes de casamento está sendo tão divertido.
- Juro que não te conheço mais, semanas atrás você se jogava em cima do Jensen, e agora está com esse velho. Se fazia de songa.
- É a vida, sempre nos pregando peças. Se encostava no sofá ficando de frente para Molly.
- Você não vai me convidar para o casamento? Digo, você entregou todos os convites e apenas eu e o Trio de Bitches ficamos de fora.
- Tudo bem Molly, como estamos de Bem novamente, você irá, depois eu quero que você passe na Boutique onde eu estou escolhendo meu Vestido, e compre Um, por minha conta...
- Obrigada Amiga, mas eu tenho vestidos...
- Tipo aquele Pano de chão sujo que você usou na formatura? Se você ousar usar uma porcaria daquela, eu te barro na porta da igreja.
- Ok Lav, depois eu vou dar uma olhada.
- Ah, Não escolha nenhum Alexander McQueen, por que apenas eu irei usar . Gargalhava.
- Ok, e eu acho que você deveria convidar o Trio de Bitches, esfregar na cara delas, que você está se casando, mostrar que você é superior.
- Até que não é uma Má ideia Molly, vou pensar no assunto... Saía dali. - Ah, antes que eu me esqueça. Voltava. - Você por acaso sabia que aqui na sala tinha uma câmera?
- Camara Secreta? Tipo em Harry Potter?
- Câmera filmadora sua anta.
- Não, onde fica?
- No Lustre que você me fez o favor de quebrar. Gargalhava. - E no quarto que o Harry está ficando? Você nunca viu algum monitor por lá?
- Não, Lav, eu não sei de nada, posso olhar lá depois?
- Se você conseguir destrancar a porta de 4 fechaduras, o Problema é seu. Saía batendo a porta.
- Preciso agilizar as coisas. Subia as escadas correndo.

...



- Você está chorando. Ash dizia deitada em cima do peitoral de Jensen, no sofá da sala.
- Não estou não. Limpava as lágrimas.
- Ah Jensen, todo mundo chora vendo Marley e Eu. Limpava as lágrimas também.
- Acho melhor o próximo Filme ser alguma comédia do Início ao Fim. Sorria.
- Eu concordo. Se levantava do peitoral dele.
- Então vou fazer algumas pipocas e você escolhe o filme. Sorria se levantando do sofá.
- Você na cozinha? Não estou a fim de comer cosia queimada. Ash Fazia cara de nojo.
- Como Mocinha ? A olhava. - Melhor você correr, não vou querer ser você quando te pegar.
- Não Jensen. Gritava sorrindo. - Assim não vale. Saía correndo até a cozinha.
- Quem vai queimar a Pipoca? Corria atrás dela em volta da bancada.
- Ninguém, mentira, você vai queimar. Subia em cima da bancada gargalhando.
- Ah é mocinha.... A segurava pelas pernas.
- Não Jensen, me solta, eu vou cair. Dizia rindo.
- Eu jamais deixaria você cair. A pegava no colo.
- Isso é covardia, não vale. Fazia bico. - Eu sou frágil e indefesa... Fingia indignação.
- Creio então que você não irá gostar se eu aproveitar dessa moça Indefesa. Dava um selinho nela.
- Não. Dizia baixinho.
- Não? Dava outro selinho.
- Não. Mordia o canto dos lábios levemente.
- Não? Olha que eu posso te fazer cócegas. Sorria.
- Ok, Você venceu. Colocava as mãos na nuca dele iniciando um beijo.

Sala/Cozinha

.....



- Bri, eu tenho pensado muito em você ultimamente. Chad mordia os lábios.
- Posso saber o por que? Fingia desinteresse.
- Você me atrai, eu gosto da sua companhia, do seu cheiro, de tudo em você.
- Thanks. Terminava de tomar o Sundae. - Mas Chad, eu não posso ter nada com você.
- Por que ficar batendo nessa tecla? Eu vejo pelos seus olhos que você quer.
- Uma amizade vale mais do que um cara... - Desde o que você aprontou com a Ash...
- Eu já disse que me arrependo. Se levantava da cadeira, indo até ela. - Que fui idiota, estúpido, imaturo. Ficava de frente a frente com Bri.
- Não Cha... Era interrompida por um beijo iniciado por ele.
- O que me diz depois disso? Parava o beijo a olhando nos olhos.
- Não sei. O puxava para si começando outro beijo.
- E agora? Sorria para ela.
- Ainda indecisa. O beijava novamente.
- Uau, isso foi... Chad dizia sem folego.
- Isso foi Hot. Jogava o cabelo para trás se abanando.
- Então, você vai querer namorar comigo? Sorria.
- Talvez. Se levantava. - Vou pensar... Saía dali andando provocantemente... Mais do que o de costume.
- Pense mesmo, por que você vai cair na minha lábia direitinho. Chad pensava exibindo um sorrisinho de lado.

.....



- Agora que você sabe de toda a verdade.. O que tem a dizer?
- Que você é um homem feito poucos, simples, amoroso, dedicado, atencioso. E eu fui uma idiota com você, quase te obrigando a contar essa triste historia.
- Não te culpo, é tudo estranho sim, nós nos conhecemos, você some, e quando nos encontramos, eu estou com outra.
- Como você se sente? todo esse desabafo, toda essa coisa com a Molly...
- Me sinto livre sabe, Graças a Deus a Molly nunca mais me procurou, parece que eu tenho minha vida de volta, se tem algum reconforto nessas chantagens dela, é que eu fiz para proteger a minha família também, por que meu Pai e meus irmãos não sabem, apenas Eu e minha Mãe.
- Você ainda é mais bonito por dentro. Sorria pegando nas mãos dele.
- Thanks. Sorria olhando nos olhos dela. - Você quer namorar comigo?
- Como eu poderia recusar um pedido vindo da pessoa mais incrível deste mundo?
- Sim?
- Sim. Nick se aproximava, colando seus lábios junto com os dele, começando um apaixonado beijo.
- Sabe. A olhava nos olhos. - Precisamos de algo para oficializar o pedido. Sorria.
- O que você está fazendo? Nick o via enrolar um matinho seco .
- Isso. Jared colocava o matinho no dedo dela, como se fosse um anel. - Não é algo grandioso como você mereça, mas é do fundo do meu coração.
- Awwwnnn,é lindo. Olhava para o matinho e logo em seguida começava a beijá-lo novamente.

......



- Chad? Molly se jogava na cama ligando para ele.
- Sim meu amor. Dizia ainda sentado na mesma mesinha onde estava com Bri.
- Conseguiu encontrar a Bri?
- Sim, e você com a Lav? conseguiu o perdão dela? Sorria.
- Sim , ela até me convidou para o casamento, vai pagar o meu vestido e tudo. Gargalhava. - Mas me diga, como foi seu encontro com a Bri?
- Como esperado, pude perceber pelos olhos dela que ela quer, o único problema é as amigas...
- Mas ela confia em você certo?
- Digamos que uns 80%, disse que ela e as meninas estão desconfiadas da Lav, na verdade, tem certeza, apenas não tem como provar...
- Então é melhor elas terem alguma prova. Gargalhava. - Hora de partir para a parte Dois do Plano.
- Você não presta.
- Você tem certeza que sou eu quem não presto? Dizia cinicamente.
- Tem razão, a Lav é quem não presta. Sorria. - Se não fosse você para me contar que ela Havia pagado o Ben para me beijar...
- E a partir desse dia, nasceu uma grande aliança. Sorria.


Flash Back On

- Molly, fale logo o que você quer.
- Calma Chad, tenho algo que vai te interessar. Entrava no carro dele.
- O que seria tão interessante assim? Levantava as sobrancelhas. - Graças ao Ben, estou mais do que falado...
- Lav pagando Ben para te beijar e Humilhar a Nick no dia da formatura seria algo interessante?
- O que? Você sabia que ela ia fazer isso?
- Não, eu escutei ela falando sozinha.
- E por que você está me contando isso?
- Por que eu estou cansada dela me humilhar, de todas as maldades que ela anda fazendo, ela está perturbada, louca...
- E o que eu tenho a ver com isso? Olhava as horas no relógio.
- Você não quer vingança por todo o falatório que ela casou em sua vida durante esses dias?
- O que você está sugerindo Molly? Espera, por que você está tão espertinha? Você sempre foi lerdinha?
- De fato, eu era, mas anos de convivência com a Lav, faz você ser falsa... Gargalhava. - E agora que a Amy morreu, eu possuo algo que posso usar ao meu favor. Sorria.
- Ok, se eu topar te ajudar, o que eu ganho com isso?
- Não que você precise, mas agente pode dividir o dinheiro dela, vingança por tudo que ela nos fez e faz passar e sexo gratuitamente. Se insinuava para ele.
- Ok, eu topo. O que vamos fazer?
- Primeiro isso. Pulava em cima dele inciando um beijo.

Flash Back Off

- E com o tempo eu aprendi a te amar. Sussurrava.
- Eu também. Agora, continue próximo da Bri, e de jeito algum deixe ela suspeitar.
- Ok. Até depois.
- Bye. Encerrava a ligação.

....



- E qual é o meu premio por ter vencido? Jensen Sorria olhando nos olhos de Ash.
- Hummm, não sei. Descia do colo dele. - Nem sabia que estava valendo algo. O olhava.
- Toda vitória tem um premio. Sorria torto.
- Você já teve, ganhou um beijo. Colocava a mão na cintura.
- Esse beijo não valeu. Fazia bico.
- E esse Vale? Se aproximava dele o pressionando na bancada da cozinha, começando um beijo.
- Definitivamente. Voltava a beijá-la, Ash podia sentir um arrepio que tomava conta de todo o seu corpo...
- Jensen, acho melhor eu ir. Interrompia o beijo olhando para baixo.
- Tem certeza? Levantava o rosto dela a olhando nos olhos.
- Não. Sorria timidamente.
- Você tem certeza de que quer ir para o próximo passo? A olhava docemente.
- Uhun. Concordava balançando a cabeça...Os dois começavam um longo Beijo, Ash escorregava suas mãos por dentro da camisa dele, dando leves arranhões nas costas do moço, Jensen descia os beijos para o pescoço dela, fazendo Ash soltar alguns suspiros... Os dois iam se beijando intensamente e se livrando das roupas a caminho do quarto, ficando apenas de roupas íntimas.

Ashley and Jensen  - Quarto Jensen

Jensen a deitava na cama delicadamente, Ash o puxava para si, voltando a beijá-lo. Os dois se olhavam, e não era preciso dizer nada para saber que o momento era desejado por ambos, seus corpos pediam, na verdade, imploravam... Ash talvez possa não ter se dado conta de que Jensen era o primeiro homem a tomar essa liberdade com ela depois que Henri se foi. Jensen desabotoava o Soutien dela, e logo em seguida retirava a parte de baixo, começando a beijá-la do abdômen, pasando pelos Seios, até chegar aos lábios. Ash se virava, ficando em cima dele, retirando sensualmente o que ainda o mantinha vestido. Os dois rolavam pela cama se beijando, eles sentiam seus corações pulsando o sangue mais rápido, outra troca de olhares era dada, dessa vez, para iniciarem o ato. Jensen ficava por cima, começando o movimento de Vai e Vem, que fluía em perfeita sincronia e harmonia, hora mais rápido, horas mais Lento, fazendo ambos sentirem mais prazer. Os dois continuavam se beijando, hora e outra soltando suspiros abafados, antes de chegarem ao ápice, Ash se virava, ficando por cima agora, Jensen depositava suas mãos quentes, grandes e fortes nos seios da Moça, enquanto a penetrava, fazendo-a soltar um último suspiro, ambos chegavam ao ponto alto do ato. Ash se deitava naquele peitoral que lhe dava segurança, podendo escutar os batimentos cardíacos de Jensen, que a abraçava exibindo um lindo sorriso. Finalmente, depois de tantas intrigas, mentiras, ele a tinha somente para si.
Share this article :

1 comentários:

  1. Terminei de ler. o/

    Ain o que edizer do capítulo? como sempre, perfeito. O segredo do Jay o.O que dó que dó, tbm não achava que fosse isso, mas fez sentido cm tudo, por isso ele teve que trocar de carreira.

    Bri e Chad, que odinho dele, adoro a Bri, e principalmente ele prefere a amizade aos homens, lindo isso. Amei os Look de todos.

    Chad e Molly dois ordinário,s nem sei quem é o Pior ai, e ainda tem a Lav, gente esse velho tá durando na Fic. kkkkkkkkkkkkk achei que já ia ser morto logo de cara.

    Ela vai se casar mesmo? o.O que medo desse casamento... kkkkkkkkkk

    Adele na cena final, gente a Letra da música super combinou com o momento, ficou lindo, perfeito. A cena foi tão bem escrita, mesmo sendo cena de sexo, não ficou nada vulgar, nem baixo. Parabéns Laura.

    Necessito de ler mais. rsrsrsrs

    ResponderExcluir

 
Support : Your Link | Your Link | Your Link
Copyright © 2013. Supernatural Family | Here's Your Family. - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger