Home » » Kill All The Secrets - Capítulo 1.23 - "Black Widow"

Kill All The Secrets - Capítulo 1.23 - "Black Widow"



Nome: Kill All The Secrets (Mate Todos Os Segredos).

Número de Temporadas: 3.

Capítulo: 1.23 -  "Black Widow" - (Viúva Negra).

Classificação : 18+ - Contem cenas de violência,mortes,sexo,insinuações...

Gênero : Drama,Comédia,Mistério...

Autora: Laura.

Personagens: Ashley (Principal) Brittany (Principal) Nickole (Principal) Lavínia (Vilã) Molly (Coadjuvante) Henri (Principal) Jensen (Principal ) Jared (Principal) Ben (Secundário) Chad (Coadjuvante) Lilly (Secundário) Cecy (Secundário) Rene (Secundário) Annie (Secundário) ....

Sinopse: O que acontece quando uma manipuladora resolve fazer da vida de 3 garotas um Inferno? Ashley (Ash), Brittany (Bri) e Nickole (Nick),poderiam ser o tipo de adolescentes normais,se não fosse por Lavínia (Lav),que faz de tudo para arruinar a vida dessas 3 garotas.O motivo de tanto ódio? Ninguém sabe.Mas Ash,Bri e Nick são tão inocentes assim? Ash talvez tenha tomado uma difícil decisão e acabou se apaixonando pelo seu professor.Estaria Nick Prestes a conhecer o amor da sua vida? E Bri? O que o futuro a reserva? É melhor você ler para matar todos os segredos que " Kill All The Secrets" te reserva...Poderia o amor aparecer no meio de tanta maldade? Poderia esse ambiente ser saudável para Jensen e Jared viverem uma vida tranquila?

Considerações: Quando tiver o player nas cenas serão as músicas das cenas,acho que não tem necessidade de ficar colocando toda hora "música da cena",mas como este é o primeiro capítulo tudo Ok.Ainda Sobre as músicas,quando uma cena não tiver música,aproveite a música da cena passada (Até a cena que tiver um novo player),por que eu escolho as músicas pensando nisso.
Onde estiver Look (Exemplo,Look Ashley,Look Das garotas),vocês podem clicar para visualizarem a roupa dos personagens e os Personagens. Quando estiver Casa da Ashley,carro,escola,podem clicar para visualizarem o local onde a cena ocorreu !!!!

.............................................................................................................................................................




1.23 - Black Widow - "Viúva Negra"



- Lav ? Molly entrava no quarto da jararaca, vendo-a ser arrumada por um cabeleireiro / maquiador.
- O que foi anta? A olhava pelo espelho. - Que cara de morte é essa logo cedo?
- Acabei de acordar. Bagunçava os cabelos. - O meu vestido veio junto com o seu ?
- Sim, o primeiro cabide do closet. Apontava.
- E o seu ? Caminhava até o closet. - Não vou pode ver?
- É o que está no manequim. Gargalhava.
- Oh My God !!!!!!!!! Molly ficava de boca aberta ao ascender a luz.
- Eu achei lindo, luxo puro, super Diva. O cabeleireiro dizia.
- Cala a boca estrupício, não pedi sua opinião, limite-se apenas em arrumar o meu cabelo. O olhava pelo espelho. -  E se você puxar meu cabelo mais uma vez, eu irei pegar esse Baby liss quente e enfiar sabe se lá Deus onde.
- Perdão Senhora, me desculpe.  Voltava a arrumar o cabelo dela.
- Lav, o Reverendo não vai deixar você passar da porta com isso. Molly ainda dizia chocada.
- Claro que vai, sou uma filha de Deus, que pagou um valor altíssimo de Dízimo esse mês. Gargalhava.
- Você subornou o padre ? Arregalava os olhos.
- Ué, não tenho culpa se a Igreja está  as moscas, e cheia de dívidas. Fazia voz de Inocente.
- Melhor eu ir tomar café e ir me arrumar.
- Se você quiser Café da manhã, melhor por a mesa. Por que a Karl não veio hoje.
- Porque ? Você a demitiu ?
- Não, mas não tem a mínima necessidade dela vir aqui hoje, nem para o casamento foi convidada.

- Fine, vou comer alguma fruta, preciso me alimentar pelo meu Bebê. Passava a mão na barriga.
- Você está gravida? que lindo, quem é o pai? O cabeleireiro se entrometia novamente.
- Você é pago para arrumar o meu cabelo ou cuidar da vida alheia bicha fofoqueira? Berrava pegando o baby liss. - Eu te avisei. Encostava o Baby Liss no braço dele.
- Aiii, me Desculpa Dona Lavínia. Dizia rapidamente.
- Melhor eu ir, já estou atrasada. Caminhava até a porta. - Ah, antes que eu me esqueça, o Harry já foi ?
- Humm, deve que sim, nós não nos vemos desde ontem a Noite.
- Ok, agora vou me arrumar Rapidamente. Te vejo na igreja. Bye. Saía dali.
- Bye. Dava um tchauzinho mexendo os dedos. - Acabou Bee ? Olhava para o cabeleireiro.
- Sim Dona Lavínia, a senhora está linda. Dava a última jogada de Laque.
- Sempre fui, e sempre serei bela. Se admirava no espelho.

....



- Bri, ainda não acredito que você vai usar tanto brilho assim durante o dia. Nick via a amiga arrumando o vestido no corpo, principalmente na região dos seios.
- Ai Nick, nem começa, essa cidade anda tão morta na questão de eventos sociais, que eu não posso me dar ao luxo de desperdiçar uma data para usar brilho.
- Nisso terei que concordar, essa cidade anda tão entediante no quesito cultural. Ash dizia passando blush de frente para o espelho do closet.
- É,  de certa maneira, tem razão. Nick colocava os brincos. - Mudando de assunto. Se virava para Ash. - Você e o Jensen no casamento vão assumir o relacionamento?
- Não. Abria os cachos do cabelo com as mãos.
- Ai se fosse eu com o Jensen Hot Gostoso,com aquele sorriso,aquele peitoral,nádegas,coxas. Bri mordia os lábios
- Shut Up sua assanhada. Ash gargalhava.
- Mas por que vocês não assumem logo que estão juntos? Nick colocava a mão na cintura.
- Primeiro por que continua sendo proibido do mesmo jeito, isso pode colocar em dúvidas minhas notas, e também, o Jensen não é o primeiro professor com quem eu me relaciono, então... Ash terminava de se arrumar.

- Ai Ash,você tinha que se envolver com professor de novo.
- Mas eu não sabia Nick. Sorria.
- É,e eu não dou sorte. Bri terminava de passar o Gloss.
- Como assim ? Você não era louca pelo Chad? Nick olhava para ela.
- Professor,Chad, Jensen gostoso Hot, Dr. Padalecki ? Hummm. Bri pensava. - Qual pesa mais na balança? Gargalhava. - Chad não é nada perto deles.
- Melhor irmos Nick, é perigoso esse quarto iniciar um Incêndio.  Ash pegava a bolsa saindo dali.
- Jared já deve estar me esperando há séculos na porta da igreja. Nick ia atrás.
- Me esperem. Bri corria atrás.

Look Ash Look Bri -  Look Nick

...


- Dude,elas estão demorando. Jared dizia olhando para o relógio, na porta da igreja.
- Mulheres Jared,Mulheres. Jensen exibia um lindo sorriso.
- Você vai mesmo jantar com a Ash?
- Uhun,já está tudo combinado, ela irá passar no nosso apartamento mais tarde, e de lá iremos.
- Fico feliz que as coisas entre vocês estão indo bem. Sorria.
- Mudando de  assunto, quando você pretende contar para a Nick que a Molly está grávida? Olhava para Jared.
- Não sei, eu queria ter certeza que esse filho é realmente meu, para ai sim contar.
- Acho que você deveria contar agora...
- Prefiro esperar. Sorria.
- Se você acha melhor. Jensen via Molly descer de um carro, caminhando em direção deles. - Bom, vou me retirar, Boa Sorte Men. Dava um tapa nas costas do amigo saindo dali, começando a caminhar em volta da igreja.
- Jared Meu Amor. Molly parava de frente para ele sorrindo cinicamente

- Molly, não começa. Fazia cara de tédio.
- Começar o que meu querido? Nós vamos ter um filho, acho que isso é suficiente para termos algum tipo de intimidade. Deslizava rapidamente sua mão direita pelo peitoral dele.
- Para com isso. Retirava a mão dela de si. - A Nick já deve estar chegando, eu não quero que ela tenha o desprazer de ver você fazendo isso.
- Meu amor, é bom que ela já fica sabendo que você não é mais um homem livre, apenas meu, agora, se ela quiser ser a amente, eu não ligo. Gargalhava.
- Você me enoja. A segurava pelo braço fortemente.
- Você está deixando meu braço vermelho amor. Dizia debochadamente.
- Que ódio ... A soltava saindo dali indo atrás de Jensen.

Look Jensen -  Look Jared -  Look Molly  - Igreja

....




- Ash, o Jensen de Terno,que tentação.  Bri dizia enquanto Ash estacionava o carro do lado de fora da Igreja.
- Ele está vindo até aqui. Nick se admirava.
- Um cavalheiro. Ash sorria abrindo a porta e estendendo a mão, fazendo Jensen ajudá-la à descer do carro. - Thanks. Sorria perfeitamente para ele.
- Uau, você está linda. A admirava. - Como se tivessem te tirado de um conto de fadas.
- E você é o príncipe que foi retirado junto. Saíam caminhando até a Igreja conversando.
- Nick. Jared chegava iniciando um beijo. -  Você esta perfeita.
- Thanks, você está incrivelmente Hot com esse terno. Sorria para ele.
- Vamos ? Dava o braço para ela.
- E eu de vela. Bri jogava o cabelo para trás. - Cadê o pamonha do Chad ?
- Se você não se importar, te dou meu outro braço. Jared se virava para ela.
- Eu gosto da ideia. Aceitava a proposta.
- Ok. Nick dizia, - Então vamos. Caminhavam entrando na Igreja.

- Chad !!! Molly ligava para ele do altar.
- Sim, diga.
- Acho melhor você não vir.
 - Por que ? Eu já estou de saída. Entrava no carro.
- Tem algo estranho acontecendo, até agora o noivo não apareceu.
- Você não está achando...

- Ai, não sei, eu acordei atrasada hoje, mas não vi vestígios do Harry na casa, e a Karl não foi trabalhar, sendo que a Lav adora escravizar a coitada.
- O que você está sugerindo ?
- A Lav uma hora dessas já deve ter saído de casa, use a chave extra que eu lhe dei, entre lá e roube o Dvd que eu entreguei pro Harry, e dê um jeito de se livrar daquele monitor que fica atrás do quarto.
- Mas como vou me livrar do Monitor ?
- Se vira, você não é burro. Encerrava a ligação vendo uma limousine parar na porta da Igreja.
- Ai meu Deus, o que essa desequilibrada fez ? Molly caminhava até a entrada da Igreja, parando ao lado da Limousine, dando Três batidas no vidro.
- O que foi anta ? Abaixava o vidro.
- O Harry amiga, ainda não chegou. Molly dizia toda aflita.
- Como? Fingia espanto. - O meu amor não esta aqui? Você está brincando né?
- Lav,olha bem pra minha cara de quem está brincando. Molly dizia seriamente.
- Eu vou entrar mesmo assim e esperá-lo lá dentro, não vou cancelar casamento algum.
- Lav, e se ele não aparecer,você vai pagar maior macaco.
- E mico anta. E eu tenho certeza que ele virá.
- Se você diz... Escutava o celular tocar. -  Preciso atender. Saía rapidamente dali.


- A noiva chegou e o noivo não. Bri cochichava com Ash e Nick, já acomodadas em seus lugares no banco da Igreja.
- Vai ver o Urso dela caiu na real. Nick dizia rindo.
- Ou vai ver ela o envenenou. Ash se intrometia rindo.
- Dali eu espero de tudo. Bri olhava para trás, vendo a limousine vermelha.
- Meninas, vocês perceberam que estão na igreja para ficar nessa agitação toda,correto? Jared se intrometia.
- Nick, dá um jeito no seu acompanhante. Bri dizia mordendo os lábios.
- Pode deixar. O puxava para si iniciando um doce beijo.
- E o Chad?
- O pamonha acabou de me mandar uma mensagem de texto dizendo que está passando mal Ash.
- Que tanto elas cochicham? Jensen dizia coçando a cabeça.
- Pelo que eu entendi. Jared parava o beijo se virando para o amigo. - A Lav já chegou.
- Mas e o noivo? Dizia surpreso.
- Até agora, nada. Sorria timidamente.
- Jared, pede para Nick trocar de lugar comigo.
- Para que? Franzia a testa.
- Para eu sentar perto da Ash .


- O que foi Chad ? Molly atendia a ligação.
- Então, acabei de entrar na casa da Lav, qual quarto é o do Velhote?
- Subindo as escadas, terceira porta a direita no corredor.
- Ok. Subia as escadas, parando na terceira porta. - Ela está com um monte de trancas.
- Tente entrar pela Janela, dê um jeito, faça alguma coisa para entrar ai. Se vira. Dizia histericamente.
- Calma,a porta está destrancada. A abria com a ajuda do Blazer, para não deixar digitais.
- Como aberta ? O Harry nunca a deixaria assim. Dizia surpresa.
- Eu apenas virei a maçaneta e a porta abriu. Entrava no quarto, olhando diretamente para o quadro que fica em cima da cama.
- Tem algo estranho acontecendo. Se preocupava. - Achou o quadro ?
- Uhun. O retirava do lugar, se deparando apenas com um buraco na parede.- Molly, não tem nenhum Monitor aqui.
- Como ? Mas era ai que ele ficava.
- Não tem nada.
- Que ódio, e o cofre ? Dizia desesperada.
- Deixa eu ver. Caminhava até ao lado esquerdo do quarto, se deparando com o Cofre eletrônico, também aberto. - Molly, O cofre está aberto, e não tem nada aqui,a não ser um Relógio.
- Que ódio. Gritava. - A Vadia fez isso antes, ou será que ele sumiu ?
- Acho que a Lav agiu na nossa frente, por que tudo aqui está normal...
- Tem certeza que o Dvd não está aí ?
- Estou olhando a gaveta da comoda agora, e nada.
- Talvez ele colocou em algum Cofre no banco...
- Humm, teria algum recibo, chave, e para segurança, ele a guardaria no cofre daqui, mas como disse, não tem nada.
- Inferno,mas tudo bem, eu ainda tenho o original do Dvd, bom, se você quiser vir para o possível casamento...
- Não, acho melhor eu esperar e partir para a segunda parte do plano Bri.
- Ok, vou desligar,a Lav parece que vai entrar na igreja assim mesmo. A via sair da Limousine. - Bye...

- Molly !!! A via se aproximar.
- Sim amiga. Corria até ela.
- Com quem você conversava? Dizia Interessada nas expressões que ela fazia.
- Eu? ... errr, com meu Pai, estávamos brigando, ele quer que eu volte para casa....
- Humm. Dizia desconfiada. - Tudo bem,  agora entre e Peça para a orquestra começar a tocar.
- Você vai entrar mesmo assim?
- Vou. Agora vai sua lesma.
- Ok. Entrava na Igreja fazendo sinal para a orquestra começar a melodia...

- OMG,esse vai ser o escândalo do ano,ela vai entrar sozinha, e ainda será abandonada no altar. Bri Gargalhava.
- Bem feito,aqui se faz aqui se paga. Nick dizia friamente.
- Jensen,você ficou maluco? Ele colocava sua mão na cintura de Ash, a abraçando de lado..
- Maluco eu já estou. Sorria perfeitamente.
- Merecia um beijo. Sorria timidamente. - Pena que eu não podemos.
- Guarde para depois,vamos aproveitar cada segundo juntos.
- Ash. Bri a dava um leve tapa no braço dela.
- O que foi ? Olhava para a amiga.
- Isso. Apontava Lav pronta para entrar na Igreja.
- Ela vai entrar sozinha. Se espantava.
- Tem que ser muito doente para fazer isso. Nick dizia rapidamente.


Todos se viravam para trás, Um falatório começava na igreja,e nem era pelo fato de Lav estar entrando sem nenhum acompanhante,ou pelo noivo não estar presente,e sim pelo seu vestido Rosa Avermelhado. Definitivamente, nem pela Santa Igreja Católica ela tem respeito. A reação do reverendo Galles ao ver a cena era de espanto, um sinal da Cruz era feito. Lav ria Cinicamente e descaradamente para as pessoas ao seu redor,o real motivo dessa felicidade? Preciso mesmo dizer que se deve ao fato do Noivo estar morto?


- E quem achou que o escândalo do ano seria outra coisa. Bri dizia pasma.
- Bem,a cor combina com ela. Ela está uma perfeita noiva ....
- Do mal,com ela teve a coragem? Nick completava Ash .
- Ué,se ela entrasse de branco, ai sim eu ficaria surpresa.
- É, branco simboliza pureza....
- E isso é tudo que ela não é. Bri gargalhava completando Nick.
- O que o seu padrasto faz indo atrás dela Ash?
- Não faço a mínima ideia Nick.


- Senhorita Lavínia? Patrick a chamava.
- Sim Xerife, Por que O Senhor está interrompendo minha entrada?  Se virava para trás jogando a causa do vestido.
- Olha, vou dar a notícia de uma vez. Dizia sério. - Meus policiais encontraram o seu futuro marido morto no Penhasco que fica na saída da cidade. A orquestra parava de tocar e as pessoas ali presentes escutavam o que Patrick acabara de dizer.
- O que? Gritava fingindo espanto. - Como? Ele não pode estar morto. Fingia tremer de nervoso, deixando o buquê cair no chão.
- Ao que tudo indica, foi suicídio.
- Eu sempre perco todo mundo que eu amo. Colocava a mão no rosto chorando.
- A senhora gostaria de nos acompanhar para dar um depoimento?
- Pra que? Não foi suicídio?
- Sim, mas quem sabe ele não tinha algum desafeto.
- Ele não tinha. Continuava chorando. 
- Eu preciso voltar para a delegacia, assuntos burocráticos, mas esteja a disposição da Justiça. Saía dali.

- Oh My God, nem os mortos a querem. Bri dizia séria.
- Esse ai se livrou de uma Fria. Nick falava normalmente.
- Tenho um novo apelido. Bri dizia pensativa. - Viúva Negra. Gargalhava.
- Bri, para de rir. Nick dava um tapinha nela ao perceber que a Amiga atraía alguns olhares.
- Nem sei o que dizer. Ash repousava sua cabeça no ombro de Jensen.
- Hey, você está bem? Passava a mão pelos fios de cabelo dela.
- Estou Jensen,mas sei lá,anda acontecendo tanta morte nessa cidade.
- E depois dizem que cidade pequena é calma. Jared abraçava Nick
- Nossa,East St. Louise já foi um lugar calmo.Nick retribuía o abraço com um selinho.

- Lav, o que aconteceu? Molly chegava se fazendo de surda e burra.
- O Harry morreu. Eu fiquei viúva. Aprontava um escândalo digno de drama mexicano.
- Tecni sei lá o que, não.Você nem se casou.
- Sua anta,obrigada por me lembrar disso. Lav saia correndo da igreja.
- O casamento acabou, o Harry foi encontrado morto. Molly começava um berreiro,como se ninguém estivesse escutado Patrick.
- Vamos fazer uma oração por esta pobre alma.O Reverendo iniciava uma oração.

.....

- Lilly. Patrick chegava na delegacia.
- Sim querido. Atendia o telefone.
- Achei que iria encontrar você na Igreja.
- Ah, achei melhor não ir, não consigo suportar a Filha da Amy. Se sentava no sofá da sala.
- Tenho uma notícia para te dar. Entrava em sua sala.
- Humm, boa ou ruim ? Dizia receosa.
- Ruim. Sorria. Mais uma morte aconteceu. Passava pela recepção da delegacia.
- O que ? Quem foi dessa vez ?
- O Marido da Lavínia, acabou de ser encontrado morto, pulou do penhasco, deixou uma carta de despedida....
- Uau, ele se suicidou...
- Sabe o que eu acho estranho ? Se sentava na mesa olhando alguns papéis.
- Diga.
- Todas as mortes dessa cidade sempre estão próximas a Lavínia, primeiro a Mãe,depois o Pai, e agora o noivo.
- Seria algum tipo de vingança? Algum inimigo dela? Isso não seria difícil, as pessoas não a suportam ...
- É uma possibilidade.
- Bom, acho que seria de grande utilidade você ir revistar a casa dela...
- Boa ideia, vou pegar uma ordem com o Juiz, preciso desligar. Te amo.

....

Horas Depois No Final da Tarde....


- Nossa,ainda não acredito no que aconteceu. Nick pegava na mão de Jared em cima da mesa.
- Nem eu,apesar da Lav não se um exemplo de pessoa,ela não merecia isso. Jared e Nick conversavam sentados em uma mesa do Grill.
- Vai ver foi castigo por ter... Nick se calava ao perceber que iria falar que Lav matou a mãe.
- Por ter? ... A olhava desconfiado.
- Por ter feito tantas maldades. Sorria.
- Sabe, eu estava pensando. Jared sorria.
- Sobre... Dizia curiosa.
- Em pedir sua mão em namoro para o seu Pai. Sorria.
- Eu gosto dessa ideia. Sorria Junto. - Senhor Nestor é gente boa.
- Você acha que ele não vai criar problemas ?
- Não, só evite falar sobre você sabe quem. Mudava sua expressão ao ver Molly entrar no Recinto.
- Ok. Sorria.
- Nick Minha querida. Molly se aproximava da mesa dos dois.
- Ai não, você? Fazia cara de nojo.
- Sim, eu. Sorria.
- Molly, por favor, faça o favor de se retirar. Jared a olhava com repulsa.
- Por que meu querido? pelo visto você não teve coragem de contar para a  Nick. Sorria Cinicamente.
- Contar o que ? Nick se interessava.
- Molly,vai embora daqui,você parece uma parasita. Jared a fuzilava com o olhar.
- Não antes da Nick saber as novidades. Sorria falsamente.
- Conta Logo e some Molly. Nick se estressava com o clima.
- Eu estou grávida Do Jared.Vamos ter um Padalecki Baby. Passava a mão na barriga exibindo um grande sorriso.
- What ? Ficava Pálida. - Jared ? Olhava para ele. -  Isso é verdade ?
- Eu não sei. Dizia com os olhos cheios de lágrimas. - Ela deve estar mentindo.
- Bom, vou deixar os pombinho a sós. Molly dava um tchauzinho se retirando dali.


...


- Dona Lavínia. Karl abria o escritório da casa da Vadia, vendo-a sentada na cadeira apenas com o abajur ligado.
- O que foi assombração ? Ascendia a luz.
- O Xerife está ai com os policiais, e ele veio com um mandato para revistar a casa. Saía dali.
- Mas que inferno, será que não respeitam mais a dor de uma viúva? Gargalhava indo até a sala. - Xerife. Fazia cara de coitada. - Em que posso lhe ser útil?


- Bom, gostaria de revistar sua casa e fazer algumas perguntas. Sorria.
- Mas por que se foi um suicídio? Colocava a mão no colo.
- Bom,assim agente descarta de uma vez por todas a tese de assassinato.
- Vocês não respeitam a dor de uma pobre viúva? Começava um choro.
- Nós precisamos fazer isso...
- Ok, me acompanhem até o quarto do meu ... Continuava fingindo chorar.
- Então, a Senhora que o conhecia melhor, ele tinha algum desafeto ? Subiam as escadas.
- Ninguém iria matá-lo, ele era um homem descente.
- Você entrou no quarto dele ? Viu se tinha algo de anormal ?
- Eu acabei de perder meu amor, e vocês querem que eu entre no quarto? Começava um choro parando em frente a porta do quarto dele. - É esse...
- Ok. Os policiais abriam a porta, se  deparando com o quarto normal. Eles revistavam O Armário, Banheiro,retiravam coisas do lugar, abriam o cofre que estava destrancado, inclusive retiravam o quadro que escondia o monitor, se deparando com o buraco.
- Bom, acho que a Senhorita tem razão, está tudo normal. Patrick saía do quarto. - Só, tem um buraco atrás do quadro...
- O cofre ficava ali. Inventava. - Mandei trocar de lugar dias atrás.
- Ok, agradeço pela boa vontade e Meus sentimentos. Parava de frente para ela. - E o que é para fazer com o corpo ? Os legistas já o examinaram e está tudo normal...
- Ligue para a Ex Mulher dele, e leve o corpo para ser enterrado junto dos Pais dele. Chorava.
- A Senhora tem certeza ?
- Tenho, essa era a vontade dele. Abaixava a cabeça chorando.
- Ok, onde posso encontrar o número do Telefone dela ?
- No Celular dele, deve estar no carro.
- Tudo bem Senhorita Lavínia, pode deixar que eu cuido disso, agora, com sua Licença. Descia as escadas.
- Karl, o acompanhe até a  saída. A gritava.
- Sim senhora.
- Policia como sempre fazendo um trabalho incompetente. Gargalhava. - Acharam mesmo que eu iria matá-lo e não iria entrar no quarto para me livrar de provas ? Gargalhava descendo as escadas.

....


- Jared como você pode esconder isso de mim? Nick dizia iniciando um choro.
- Por que eu não queria te ver assim. Pegava nas mãos dela em cima da mesa.
- Isso não justifica. Retirava suas mãos . - Eu prefiro sofrer com a verdade do que ser enganada com a mentira.
- Nick,eu nem sei se ela está mesmo grávida.
- Jared,como você pode dizer isso ? É uma criança. Se irritava.
- Não é minha. Franzia a testa. - Não pode ser minha... Fechava a mão, enchendo os olhos de lágrimas.
- Desde quando você sabe que ela está grávida ? Nick olhava nos olhos dele.
- Desde ontem de manhã. Olhava para baixo.
- E você ficou ao meu lado esse tempo todo sem ter a coragem de falar ? Espera, você não ia me dizer ? O olhava incrédula.
- Eu queria ter certeza de tudo, eu não queria  te fazer sofrer.
- Pois é, agora você está me fazendo sofrer em dobro, eu não deveria ter aceito o seu pedido de namoro, foi uma estupidez, uma burrice. Começava a deixar algumas lágrimas cair.
- Não Nick, não faça isso. Começava um choro.
- Eu não consigo Jared, parece que tem algo que nos distancia, e esse algo, é sua Historia com a Molly...
- Nick, você não precisa se sentir distante, confie em mim. Continuava chorando a olhando nos olhos. - Eu... Respirava Fundo. - É você que eu quero, desde o momento que nós nos conhecemos, eu sabia que era você.
- Para Jared. Continuava chorando. - Eu não estou conseguindo nem olhar no seu rosto neste momento, eu não posso confiar em você, e se não há confiança, o que resta ? Dizia fazendo Jared fechar os olhos. - Eu não posso ficar com você ...
- Não termine essa frase. A interrompia.
- Sabe,eu estava tentando aguentar o fato de você ter tido um caso com a Molly,mas um filho? Eu não posso,eu estaria sendo desonesta comigo mesma.
- Nick por favor,me perdoa. Chorava.
- Jared, eu sei que uma criança nunca tem culpa,elas são inocentes,mas eu não vou ficar no meio disso, eu não quero confusão,e esse filho, será para sempre o seu Elo com ela.
- Nick,não ... A olhava nos olhos ainda chorando.
- Desculpe Jared,mas isso não é para mim, e eu já deveria saber que "nós", nunca iria funcionar. Se levantava. - Acho que uma parte de mim quis acreditar que tudo ficaria bem, que o Amor pode ser mais forte que qualquer outro sentimento, mas agora? Eu sei que não. Pegava sua bolsa ao lado da cadeira. - Boa sorte para você. Nick dizia retirando o anel de matinho que estava dentro de sua bolsa, embrulhado por um saco plástico, dentro de sua agenda. - Good Bye Jared. Deixava o pequeno embrulho ali, e um Jared de dar pena.

.....


- Molly. Via a "amiga" chegar em casa. - Os policiais estiveram aqui em casa. Sorria Cinicamente.
- O que queriam? Parava se encostando no sofá, ficando de frente para Lav que estava sentada na poltrona.
- Revistaram,e fizeram perguntas. Ascendia um cigarro, repousando seu braço no encosto lateral de onde estava sentada.
- Encontraram alguma coisa ? Mas não foi suicídio?
- Bom, foi, mas a polícia adora se mostrar eficiente. Tragava o cigarro soltando a fumaça com um leve bico.
- Você parece não estar triste pela morte do Harry . A olhava desconfiada.
- Não é por que eu não estou chorando, que não estou triste. Fazia voz de ofendida.
- Se você diz.
- E o seu Gremilim Baby ? Como vai indo ? Sorria cinicamente.
- Bom, amanhã vou procurar um médico, ver se está tudo bem.
- O Jared já sabe ?
- Uhun. Gargalhava. - E a Nick também, acabei de contar para ela.
- Até que enfim você resolveu ficar mais espertinha.
- Obrigada, voltando ao assunto da Polícia, eles não encontraram nada mesmo ? Não levaram nada ?
- Por que o interesse Molly querida ? Eu já disse que nada foi encontrado.
- Atoa, é que tenho pavor de Polícia mesmo. Sorria. - Mas com sua licença, vou subir, tomar um belo banho e dormir, o dia hoje foi exaustivo.
- Durma com os diabinhos querida. Gargalhava enquanto ela subia as escadas. - Durma com os diabinhos. Falava inteiramente desconfiada dela.

....


- Jensen? Ash dizia batendo na porta do apartamento dele.
- Uau. Abria a porta. - Como você consegue ficar ainda mais Bela ? Iniciava um beijo.
- Thanks. O olhava nos olhos. - Pelo visto não é apenas eu...
- Thanks. Se afastava, trazendo-a para dentro do apartamento. - Vou apenas pegar meu relógio. Colocava o Blazer em cima do Sofá. - Já volto. Ia até o quarto.
- Ok. Se sentava no sofá.


- Então. Ele Aumentava o tom da voz. - Você ficou sabendo de algo do noivo da Lav?
- Podemos evitar falar desse assunto hoje?
- Claro,essa noite será nossa noite, sem preocupações,sem problemas.
- Isso é exatamente o que eu quero. Sorria. - Ah, até esqueci de te dizer, Sabe a Annie?
- Sua colega que fica me olhando estranhamente?
- Ela não te olha estranhamente..... Ash ria.
- Parece que vai me devorar... Jensen continuava.
- Palhaço. Sorria se levantando do sofá. - Então, ontem ela perguntou se eu já tinha reparado nos olhares que você me dá dentro da sala.
- Sério? Eu dou tão na cara assim? Aparecia abotoando o botão da manga de sua camisa.
- As vezes,o seu olhar te entrega. Dizia com seu jeito delicado.
- E olha que eu tento me controlar,é que as vezes fica difícil te ver e tipo "não poder sentir, nem fazer nada". A olhava.
- Eu também sinto isso. Se aproximava Iniciando Um beijo. - Agora. O olhava nos olhos. - Acho melhor eu ir descendo para ninguém nos ver sair juntos.
- Ok, pegue a chave do carro e me espere lá dentro. Entregava para ela. - Já estou descendo. Dava um selinho nela.
- Fine. Saía dali fechando a porta do apartamento.
- Ash? Uma voz conhecida a chamava enquanto ela se virava.
- Henri? Ficava espantada ao vê-lo sair do seu antigo apartamento...

Share this article :

1 comentários:

  1. Amei o Capítulo, como sempre a qualidade reina.

    Lav entrando na Igreja sozinha, passada, vestida igual socorro. Paola bracho baixou nela, amei a música tema. kkkkkkkkkkkkkk

    Ash e Jens muito lindos e fofos, passei agora, o Henri voltou? OMG foi sonho ? ou voltou mesmo?

    Lav tá desconfiada da Molly? Vou achar bem feito se morrer, o que ela fez com o Jared, e a Nick, gente chorei rios aqui, muito triste que dó.

    Lav queimando o cabeleireiro que medo. Ela mandando a Molly sonhar com os Diabinhos. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    Morri com o reverendo fazendo o sinal da Cruz. kkkkkkkkkkkk O nome do capítulo tbm adorei. Amei os Looks, as músicas, enfim tudinho.

    Esperando o próxim, quero ver o que vai acontecer agora com a volta do Henri. Parabéns,mais um excelente capítulo..

    ResponderExcluir

 
Support : Your Link | Your Link | Your Link
Copyright © 2013. Supernatural Family | Here's Your Family. - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger